domingo, 1 de março de 2020

Atualização do patrimônio financeiro de Fevereiro/2020

Lá vem bomba!


Vida Pessoal


Poisé, ele chegou. Como sempre, mídia prevendo o fim do mundo, ainda que já tenha sido comprovado que a letalidade é maior em pessoas a partir de 60 anos de idade. Mas como o investidor em geral é despreparado e desesperado, veio o movimento de correção logo após as bolsas internacionais. Só não havia ocorrido antes aqui, por causa do carnaval, e a bolsa só mostrou o ar da graça na quarta-feira de cinzas, durante a tarde. O dia não poderia ter sido mais sugestivo, o patrimônio de muitos virando cinzas!

Essa será a primeira postagem de queda de patrimônio, se não me engano tive um outro mês de outro ano que registrei queda, mas foi bem pequena. Essa queda deu pra sentir, ainda mais que vi o patrimônio chegar em um nível bem mais alto.

Assisti um documentário sobre minimalismo, muitas coisas eu já sabia, mas dois pontos me chamaram atenção, que citei em um comentário na postagem de patrimônio passada:

- Distrações: incrível como me pego perdendo a concentração no que preciso focar, principalmente por notificações do WhatsApp. Além de ser uma perda de tempo enorme, tenho sérias dificuldades em ser produtivo, se não estiver focado. E o minimalismo fala sobre a simplicidade nas coisas da vida, e uma delas é não se render ao frenesi de atenção nas notificações. Eu trabalho na área, e sempre fui contra a dependência de tecnologia, principalmente neste lado de trocar interações sociais por um contexto virtual e solitário.

- Pessoas que pensam diferente: como já comentei algumas vezes aqui, minha esposa não pensa como eu, não age como eu, não tem os mesmos gostos que eu. Isso não seria diferente no minimalismo. No documentário, um dos protagonistas relatou que tem uma namorada que não é minimalista, e eles convivem bem. Em outro ponto do documentário, essa mesma pessoa foi questionada se a convivência com uma pessoa que não seja minimalista daria certo. O mesmo respondeu que a base de tudo é o quanto você gosta e respeita a outra pessoa. E isso foi uma confirmação para o fantasma que sempre me atormentou, me questionando se é possível conviver com pessoas muito diferentes.

Mudando de assunto, o time está bem tracionado. Precisei mexer, dispensei duas pessoas que não estavam rendendo em aspectos técnicos e comportamentais, e me parece que o time atual está melhor. Não é fácil, mas prezo muito em ser profissional.

Voltei pra academia, mas sem ver praticamente nenhum valor, apenas para ajudar nas dores posturais que possuo.

Finanças Pessoais



Poisé, continuando o mês anterior, o patrimônio continuou definhando, desde as notícias sobre o corona vírus. Só que dessa vez o impacto foi bem grande. Pela primeira vez, foi uma queda bastante relevante para o patrimônio.

Os ganhos de Locaweb foram drasticamente reduzidos, o que estava já bem próximo de 50% no acumulado. IRB foi uma das empresas que menos sofreu com o impacto mais recente do vírus, apesar dos devaneios da Squadra. Empresas de auditoria bem relevantes soltaram notas afirmando que IRB está em dia com os informes e que não há indícios de fraude. Warren Buffet aproveitou e comprou um bom volume de ações, e não sou ninguém para questionar o maior investidor da atualidade.

Me incomodou ver que o patrimônio chegou a esticar em 1.805kk e depois do carnaval caiu drasticamente. Acho que esse é o primeiro bear market de fato que estou passando, onde tenho uma boa parte de participação em ações e FII's. Como venho afirmando, preciso passar por isso para aprender a lidar. Parece que chegou o momento.

Aproveitei a queda e peguei 1.000 ações de VLID3. Já estava de olho nesta empresa, aproveitei a queda de 13% em um único dia. Procurei segurar a ganância, e não comprei mais nada. Só comprei ações desta empresa, pois já vinha acompanhando não é de hoje. E por falar em acompanhar, também ando acompanhando Fleury, e fiquei impressionado em como ela não foi muito afetada (ainda) pelo corona vírus. Outra que estou de olho, e quem sabe em breve eu compro algo.

Também pretendo prestar mais atenção ao setor elétrico, e remanejar minha carteira para participar também neste setor. Esse ensaio já vem sendo feito, para participar de empresas bem estruturadas e boas pagadoras de dividendos. Não devo tardar muito para focar em empresas com essa característica, seguindo uma estratégia de hold e longo prazo. Lembrando dos setores que darei foco: bancos de varejo, saneamento, seguros e elétricas. O setor farmacêutico (Fleury e Raia Drogasil) também me interessa, além do de gás (BR Distribuidora distribui bons dividendos).

Atualização do patrimônio financeiro


Então, depois da choradeira, vamos aos números: patrimônio bruto em 1 milhão e 696 mil reais, uma queda de 40k no patrimônio bruto total. O aporte foi em torno de 23k, o que ajudou a compensar bastante a queda.

Perdi o patamar de 1.7kk, conquistado em Dezembro de 2019. Em relação ao mês anterior, por enquanto, até acho que foi uma "perda" de 40k (não perdi, não vendi nada, é o patrimônio projetado caso vendesse tudo). Se considerasse o pico de 1.805 kk, seria algo em torno de 100k de queda.

Sigo na expectativa de alcançar os 2 milhões até final deste ano. Vou pensar numa recompensa, pois é um marco passível de comemoração.

Até o ranking e o show dos milionários.

6 comentários:

  1. Complicado ir para a academia sem ânimo, dificilmente irá ver algum resultado, mas pode melhorar suas dores com certeza. Lembre-se que o melhor remédio é o preventivo.

    Sobre o patrimônio, deve ser complicado ver uma queda como essas, tem que realmente ter estômago, porque querendo ou não a gente já conta aquele dinheiro como nosso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tranquei a academia por motivos óbvios, estou fazendo exercícios funcionais dentro de casa. É o que dá pra fazer.

      Vou atualizar daqui a pouco, quem me dera isso ao menos se repetisse. Se isso foi ter estômago, repare na próxima atualização.

      Excluir
  2. Oi Milionário, também voltei algumas casas rsrs. Mas faz parte da renda variável, não tem jeito, no longo prazo, ele tende a subir. Desde o ano passado, consegui parar de ver cotação, então hoje as quedas (e as subidas) não me abalam muito, o que já foi um grande avanço para mim. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, prazer contar contigo novamente por aqui. Eu voltei alguns anos rsrsrs, mas renda variável é isso. A única coisa que estou agindo para mudar, é de fazer um acompanhamento ativo de carteira, e definir uma estratégia concreta. Fiz uma compra irrisória em Março, e só. Não vendi nada.

      Excluir
  3. Belo post, Milionário! Momento difícil para todos, mas vamos seguir forte que logo passamos por tudo isso!

    Gostei do que falou sobre o minimalismo, e ao ler me lembrei de uma frase; "Precisamos de pouco para sermos felizes, mas precisamos de muito para valorizar isso..." Mais ou menos assim, já ouvi isso em rodas de conversa com amigos e compartilho contigo.

    Enfim, bom 2020, meu caro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela participação. Engraçado como hoje faz muito sentido pra mim, ter menos porém o necessário sem privação. Já separei algumas coisas aqui para vender ou doar, mas ainda não dei cabo pois continuo recluso pela quarentena.

      Além do minimalismo, também curto estoicismo. Ele está me ajudando a sofrer menos com o que foge de meu controle, inclusive em usar o tempo de forma mais inteligente, sem sofrer por antecedência e não entrar em embates que sejam perda de tempo e energia.

      Bom 2020 para você também, meu caro. Se segura, que parece que será um ano bem difícil!

      Excluir